Páginas

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Pamela Maranhão no CIDADE AGORA com Dennys Mendes da Tv Rio Flores de Presidente Dutra


Na tarde desta segunda (24) a fundadora e atual presidente do GGSD ,Pamela Maranhão esteve dando uma entrevista ao programa CIDADE AGORA , apresentado por Dennys Mendes da TV Rio Flores canal 16 da cidade de Presidente Dutra - MA.
Na ocasião nossa presidente falou sobre a militância lgbt no cenário estadual e assuntos diversos como Jair Bolsonaro , programa na Rádio Nativa FM "Toque de Mulher" e sobre sua candidatura como vereadora e deputada estadual pelo PT - Partido dos Trabalhadores e presidente reeleita do partido na terra do abacaxi.

A entrevista eclética pode ser acompanhada pelo youtube.

Pamela Maranhão é entrevistada por Dennys Mendes

segunda-feira, 17 de abril de 2017

GGSD NEWS- Pamela Maranhão é reeleita presidente do PT de São Domingos do Maranhão - Ma

Blog SPY SD


No ultimo domingo (09) aconteceu o PED 2017 – Processo Eleições Diretas , do PT – Partido dos Trabalhadores em todo o país,  que é a forma interna entre os filiados do partido para a escolha do presidente s estaduais  e municipais. Em São Domingos do Maranhão todos os votantes válidos deram a reeleição a Pamela Maranhão que continuará presidindo o partido nos próximos dois anos, visto que o mandato agora muda de três para dois anos.

Matéria completa abaixo:
FONTE: Pamela Maranhão reeleita presidente PTSDMA

domingo, 20 de março de 2016

GGSD NEWS - Pamela Maranhão é reeleita presidente do GGSD , gestão 2016-2018 .

Na tarde deste sabado 19 , por volta das 15 hs  , na sede provisória do GGSD no Bairro Aeroporto , membros do grupo se reuniram para decidirem duas importantes ações da ong nos próximos anos.
Primeiro a filiação do grupo na REMATRANS - Rede Maranhense Mulheres Travestis Transsexuais e Homens Trans (lançado em 29 Janeiro 2016) mas quando o projeto foi apresentado a plenária teve resistência de um dos membros. O mesmo alegou que o GGSD estaria melhor com a AMATRA- Articulação Maranhense Travestis e Transsexuais. Sendo que membros do GGSD estiveram presente e também fundaram a AMATRA em anos passados (foto abaixo).
Como a plenária é SOBERANA o projeto foi posto em votação , sendo que ambas as vias tiveram tempo para defenderem a filiação em cada uma das mencionadas. Depois disso a plenária decidiu que o GGSD se filiará na REMATRANS , visto que a mesma compactua com a mesma ideologia da ong local.
GGSD fez parte da fundação da AMATRA

Já em segundo momento teve a votação da nova diretoria da ong gestão 2016-2018 , onde tivemos duas chapas concorrendo .
Erlailton Pereira e a da atual presidente Pamela Maranhão.
Mais uma vez a plenária votou e decidiu que Pamela Maranhão deveria continuar como presidente .

Após ser reeleita Pamela Maranhão disse :

"Hoje tivemos duas conquistas importantes; a filiação na REMATRANS a qual tenho orgulho ser co-fundadora e vice presidente e a de ser reeleita pelo meu grupo onde reconhecem minha gestão a frente do GGSD como igualitária , Obrigada"

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

ADOÇÃO : Mais uma conquista! Colômbia aprova adoção por casais gays

Mais uma conquista! Colômbia aprova adoção por casais gays


Corte Constitucional da Colômbia aprovou nesta quarta-feira, sem restrições, a adoção de menores por casais do mesmo sexo, informou a juíza María Victoria Calle Correa, presidente do organismo.

"Segundo a Constituição, os tratados internacionais sobre direitos humanos, a jurisprudência internacional e a jurisprudência desta Corte, a orientação sexual de uma pessoa ou seu sexo não são indicadores da falta de idoneidade moral, física ou mental para a adoção", disse Calle Correa em entrevista coletiva.

Após várias horas de debate, a Corte Constitucional decidiu - por seis votos contra dois - que os casais homossexuais, assim como os heterossexuais, podem adotar crianças desde que cumpram com os requisitos exigidos pelas normas vigentes.

O alto tribunal, que vela pelo cumprimento da Constituição, já havia decidido, em fevereiro passado, pelo direito de adoção por parte de casais do mesmo sexo de menores com laços biológicos com um dos cônjuges.

Em 2007, a Corte Constitucional admitiu a união entre pessoas do mesmo sexo(sem considerá-la matrimônio) e concedeu direitos aos cônjuges no sistema de saúde. No ano seguinte, garantiu o direito de pensão aos casais gays e em 2009 consagrou seus direitos patrimoniais.